CURIOSIDADES

Mito ou verdade: silenciadores de armas funcionam?

czshot images

Muita gente pensa que os silenciadores de armas realmente neutralizam todo o som forte de um tiro. Porém, o seu funcionamento não é tão eficaz assim. Os silenciadores, também conhecidos como supressores, não fazem o seu trabalho de forma tão eficiente quanto vemos em alguns filmes, em que quase nenhum barulho é liberado pela arma.

Esses equipamentos, primeiramente, apenas suprimem o ruído devido à onda de pressão dos gases propulsores em rápida expansão das armas. Só que esta é apenas uma parte que faz um tiro ser barulhento.

A outra principal fonte de ruído em um tiro é o estampido criado pela bala (para aquelas que ultrapassam a barreira do som, que são a maioria, a menos que sejam modificadas para serem especificamente subsônicas).

98948411031122017

Outros produtores de ruído normalmente menores do tiro são a ação mecânica, o som da bala atingindo o alvo e o som do voo da própria bala, que normalmente só é audível se o projétil passa relativamente perto de uma pessoa para ela conseguir ouvir (depende do calibre da bala e o quão próximo a pessoa precisa estar).

A ação mecânica pode ser muito alta em alguns tipos de armas de fogo, como uma metralhadora Sterling, que produz mais de 115 decibéis a partir apenas do mecanismo de disparo. Já o som da bala atingindo o alvo pode variar para um som tão alto quanto o tiro inicial.

Quantidade de ruído suprimido

Mesmo que você nunca tenha utilizado uma arma (ou presenciado um tiroteio), você pode imaginar o quão alto é o som dos disparos, por ver imagens nos jornais, documentários, filmes etc. Claro que o som reproduzido ao vivo é muito mais alto e assustador. E o que um silenciador pode fazer para amenizá-lo?

Os silenciadores modernos normalmente podem reduzir o ruído em torno de 14,3-43 decibéis, dependendo de uma variedade de fatores, tais como se a bala é subsônica ou não, comprimento do tambor/silenciador etc.

O nível médio de supressão, de acordo com testes independentes feitos com uma variedade de supressores comercialmente disponíveis, está em torno de 30 decibéis, o que é quase o mesmo nível de redução típico de protetores de ouvido — que são muitas vezes usados em treinos de tiros ao alvo.

98948411031122048

Esse valor é realmente muito significativo, considerando que o sistema de decibel é uma escala logarítmica. Por exemplo, um nível de 200 decibéis é mil vezes mais alto do que 100 decibéis, não o dobro, e uma redução de 40 decibéis é mais como 1/100 do som original.

No entanto, para a maioria dos silenciadores disponíveis no comércio de armas de fogo, isso acaba reduzindo apenas o nível de ruído para algum lugar na faixa de 130-150 decibéis para um cartucho supersônico e 117-130 decibéis para um cartucho subsônico. Para você ter uma ideia, uma sirene de ambulância ou polícia tem normalmente entre 100-140 decibéis.

Dado que a perda auditiva pode ocorrer em valores tão baixos quanto 85 decibéis, é normalmente recomendado que, mesmo com um silenciador em uma arma de fogo, o atirador deva utilizar ainda algum tipo de proteção auricular.

Por que então usar um silenciador?

Mesmo que eles não reduzam tanto o ruído quanto imaginávamos, há uma série de vantagens nos silenciadores, especialmente para uso militar. São elas:

  • Uma redução típica de recuo de cerca de 30 %, o que aumenta a precisão e reduz a fadiga na pessoa que dispara;
  • O clarão de disparo também é drasticamente reduzido, o que pode ser uma grande vantagem para o pessoal militar, particularmente em operações noturnas ou para franco-atiradores. Por se livrar da maior parte do “flash”, o disparo não vai revelar a sua posição do ponto de vista à distância;
  • Os silenciadores ajudam significativamente a mascarar a posição de franco-atiradores, e não apenas por causa da redução do clarão de disparo, mas também por razões audíveis. Os atiradores podem efetivamente fazer isso, se posicionando de forma que a bala passe por grandes objetos rígidos, o que irá refletir o forte estampido da bala supersônica muito mais eficazmente do que o som de um tiro não suprimido. Isso fará com que seja impossível para um observador dizer de que direção o tiro veio, porque vai soar como se ele estivesse vindo de todas as direções de um ambiente escolhido;
  • Os silenciadores mudam o som de um tiro percebido o suficiente para que a maioria das pessoas não o reconheça como tal, particularmente em um ambiente de cidade onde há vários ruídos ambientais;
  • Disparar uma arma sem silenciador em uma pequena área fechada, como um quarto ou algo semelhante, pode danificar permanentemente a audição devido ao barulho que está sendo refletido de volta para o atirador próximo. Usar um supressor reduz significativamente este risco.

Como os silenciadores de armas funcionam?

fsdfsdf 98948411031122138

Os silenciadores trabalham principalmente diminuindo a liberação dos gases propulsores, resultantes do disparo e convertendo parte da energia do ruído em calor. O último método é conseguido através de uma tentativa de capturar ou direcionar o som através de câmaras ou defletores especialmente concebidos.

O som é então convertido em calor, em última instância, nas câmaras. O primeiro método é conseguido através da expansão da cavidade do ar que está sendo lançado. Isso é feito, geralmente, apenas fazendo o diâmetro da câmara maior do que o diâmetro do cano e da criação de turbulência enquanto o ar corre através do supressor.

Sobre o autor

admin